Skip to content

Porão do Rock promove primeira seletiva: Nação Zumbi e Planet Hemp já estão confirmados no festival

porao
 
O Porão do Rock chega à Brasília em outubro com sua 19ª edição, o festival acontece no dia 1º de outubro no estacionamento do Estádio Nacional. Serão três palcos com mais de 25 atrações. 
Já estão confirmados no line up as bandas Nação Zumbi (PE) e Planet Hemp (RJ). Outras bandas serão anunciadas em breve mas os ingressos já estão disponíveis. custando R$ 25 (pista) e R$ 60 (camarote) (meia).

Neste sábado (20/8), a partir das 15h, em parceria com o evento “Poderes da Arte”, acontecerá a primeira seletiva na Praça dos Três Poderes (Eixo Monumental), com 10 bandas independentes do Distrito Federal. São elas: Duex, Horta Project, Joe Silhueta, K-Libre, Komodo, Lista de Lily, Marssal, Os Gatunos, Sagrado Rock de Cada Dia e Tertúlia na Lua. As duas bandas com melhor avaliação estarão classificadas para o Porão do Rock 2016. No encerramento, shows com as convidadas Zamaster e Os Cabeloduro. A entrada é franca.

Mais duas seletivas serão realizadas no DF nos dois primeiros fins de semana de setembro reunindo outras 16 bandas disputando mais quatro vagas. Além disso, o Porão do Rock promoverá pela primeira vez uma seletiva em Fortaleza, dia 9 de setembro (sexta-feira), destinada exclusivamente a bandas independentes de rock do Ceará, com 10 bandas concorrendo a uma vaga no festival. As inscrições para essa etapa ainda estão abertas até 29 de agosto pelo site oficial www.poraodorock.com.br.


SELETIVA PORÃO DO ROCK / PODERES DA ARTE

Dia: 20 de agosto (sábado)
Horário: a partir das 15h
Bandas concorrentes: Duex, Horta Project, Joe Silhueta, K-Libre, Komodo, Lista de Lily, Marssal, Os Gatunos, Sagrado Rock de Cada Dia e Tertúlia na Lua
Shows de encerramento: Zamaster e Os Cabeloduro
Entrada: franca
Classificação: livre

FESTIVAL PORÃO DO ROCK 2016
Dia: 1º de outubro (sábado)
Horário: a partir das 16h
Bandas confirmadas: Nação Zumbi (PE) e Planet Hemp (RJ)
Ingressos (meia-entrada): R$ 25 (pista) e R$ 60 (camarote) + 1kg de alimento não-perecível
Ponto de venda: Bilheteria Digital (www.bilheteriadigital.com/porao-do-rock-01-de-outubro)
Classificação: 16 anos*
(*) Menores de 16 anos somente acompanhados por pais ou responsáveis maiores de 18 anos

O Rappa traz novo show para Goiânia em outubro

650x375_rappa_1648627

Dez anos depois do DVD Acústico MTV, O Rappa lançou no mês passado um novo registro ao vivo gravado em Recife, trata-se do CD e DVD “Acústico Oficina Francisco Brennand“.

Com 4 faixas inéditas e alguns dos maiores sucessos do grupo, o acústico explora o ‘lado B’ de músicas pouco conhecidas, além de alguns instrumentos diferentes como clavinete, escaleta e steeldrums, usados na música caribenha. O DVD tem direção do cineasta Lírio Ferreira, com imagens da oficina e do próprio Francisco Brennand.

A estréia da nova turnê acontece no final de setembro na Paraíba, depois a banda sai pelo país e chega a Goiânia no dia 9 de outubro, com show na Esplanada do Centro Cultural Oscar Niemeyer.

Ingressos estão sendo vendidos na Tribo Restaurante, Rival Calçados, Lima Limão, Komiketo-T4 e online pela bilheteriadigital.com.

Valores

Pista: R$40 (meia)  

Pista Premium: R$60 (meia/frente ao palco)

Camarote Open Bar: R$80 (feminino) e R$100 (masculino)

*valores do primeiro lote.

Mais informações no site oficial: www.orappa.com.br

 

 

Dillo lança disco homônimo de inéditas

unnamed

São (quase) quatro décadas de vida; quatro anos sem lançar disco; e o quarto álbum vem aí. Talvez, o brasiliense Dillo viva a fase mais cabalística da sua trajetória musical, que teve início com o lançamento de CrocoDilloGang, em 2004. De lá pra cá, vieram mais dois álbuns autorais. Agora, ele retorna aos holofotes com Dillo (2016), um trabalho de 10 faixas, produzido por Diego Marx e lançado pela Rockin’Hood.

De verve pop, o disco traz diferentes sonoridades (saídas principalmente da guitarra, instrumento cativo do músico).  Mas as composições, autorais e irreverentes, são o que Dillo considera como o verdadeiro diferencial deste novo lançamento. 

Não à toa, Dillo escolheu uma composição que o acompanhou por dez anos para abrir o álbum. Trata-se de “Tempo Tido”. Finalizada recentemente, a música fala da soma absurda das palavras. E fechando o disco a faixa “Pena Que Se Acaba”, tem os vocais dividos com Frejat e André Gonzales, do Móveis Coloniais de Acaju.

Ouça:
Spotify
Deezer
Google Play
iTunes

Goiânia Rock Fest 2016

grf

A primeira edição do Goiânia Rock Fest acontece no mês de julho e traz pra capital mais de dez atrações, entre bandas de grande destaque nacional e bandas conhecidas na cena local. O evento vai acontecer no dia 24 de julho na área externa no Shopping Passeio das Águas.

Estão confirmados, Os Paralamas do Sucesso, Raimundos, NX Zero, Gloria, K-Libre, Girlie Hell, Toten, Dillinger, Belas Infiéis, e ainda participações especiais de Gabriel Thomaz e Érika Martins do Autoramas.

Os ingressos limitados já podem ser adquiridos pelo site bilheteriadigital.com ou na Tribo do Açaí, Komiketo e Armazém do Livro.

Valores:

Área vip frente ao palco: R$ 140,00

Pista: R$ 40,00 (meia)

Camarote: R$180,00

Mais informações: 4007-1108

Elza Soares anuncia gravação de DVD do aclamado ‘A Mulher do Fim do Mundo’

13267730_1126925760712582_2807950189787589790_nElza Soares é a mulher do fim do mundo, a mulher do fim dos tempos, a mulher que coroou a sua trajetória com um primeiro disco de inéditas aos 60 anos de carreira. Lançado em outubro de 2015, o álbum A Mulher do Fim do Mundo possibilitou que a cantora expurgasse tudo o que viu e viveu – o seu passado, presente e futuro – por meio de músicas, letras e arranjos pensados para ela.

No último dia 22 de junho, Elza Soares ganhou o Prêmio da Música Brasileira de melhor disco de 2015. Agora, ela se prepara para dar mais um passo surpreendente: a gravação de um DVD em um campo do Centrevillecomunidade localizada em Santo André, no ABC paulista.

Para isso, a cantora lançou um financiamento coletivo no Kickante. O local escolhido vai totalmente de acordo com o repertório engajado, ousado e libertário de A Mulher do Fim do Mundo, onde a intérprete se empodera comomulher negra e denuncia de maneira visceral preconceitos raciais, violência doméstica e social, além de abordar morte, sexo e negritude.

No dia do show de gravação, que será gratuito, 10 mil pessoas da comunidade formarão a plateia. Além disso, estima-se que 300 moradores da região serão envolvidos no projeto. Se a meta da campanha na plataforma Kickante for alcançada, a artista  deixará melhorias na região, como tratamento de esgoto e iluminação.

Acesse o financiamento coletivo para a gravação do DVD A Mulher do Fim do Mundo aqui

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.