Skip to content

Goiânia Ouro exibe Mostra de Cinema Alemão

by em 18 de Maio de 2013

alice

O Centro Municipal de Cultura Goiânia Ouro apresenta durante o mês de maio a Mostra de Cinema Alemão “Histórias da Vida Real”, em parceria com o Instituto Goethe de São Paulo,  vai até o dia 31/05 e os ingressos custam R$ 2,00, com sessões às 12h30, 15h e 20h.

Veja a programação:

De 15 a 18 de maio 
Seelenvögel – Thomas Riedelsheimer – 2007/2008 – col. – 94’ – leg. port.- Censura 14 anos

Comovente documentário que acompanha três crianças que sofrem de leucemia e suas famílias durante um período de quase três anos. Três emocionantes retratos do convívio com a doença e a morte. Os momentos de esperança e desespero se misturam a imagens poéticas da natureza que convidam à meditação.

De 19 a 22 de maio 
Almanya – Willkommen in Deutschland – Yasemin Samdereli – 2009/2011 – col. – 95‘ – leg. port. Censura 14 anos

No momento em que vivemos muita gente procura no estrangeiro a solução para o problema do desemprego. Isso não é de agora, há décadas que se sonha com a Europa como solução para os problemas. Em “Almanya” vemos a perspectiva de uma família turca e como três gerações vêem a sua Turquia e a sua Alemanha, desde 1960 até 2010. Os turcos são o melhor exemplo pois são a maior comunidade (são quatro milhões e, segundo algumas entidades, os que mais contribuiram para o que a Alemanha é hoje).

De 23 a 27 de maio 
Alice in den Städten (Alice nas cidades) – Wim Wenders – 1974 – p/b – 110’ – leg. Port. Censura 14 anos

O jornalista alemão Philip Winter adquire a fobia de bloqueio de escritor ao tentar escrever um artigo sobre os Estados Unidos e, então, decide retornar à Alemanha. Só que o aeroporto está fechado, e ele só consegue passagem para o dia seguinte. Ele conhece uma mãe e sua filha Alice, de nove anos, na mesma situação, com quem divide seu quarto em um hotel. Quando acorda na manhã seguinte, a mãe da menina foi embora e ele assume o papel paterno da jovem Alice. Filmado em preto e branco.

De 28 a 31 de maio 
Knistern der Zeit – Christoph Schlingensief und sein Operndorf in Burkina Faso (Crepitar do tempo) – Sibylle Dahrendorf – 2012 – col. – 108‘ leg. port. Censura 14 anos

Um Bayreuth africano, uma ópera em Àfrica? apesar de gravemente doente, Christoph Schlingensief voltou diversas vezes a áfrica para dar início ao seu projecto mais importante: uma aldeia de ópera em burkina faso, um espaço onde vida e arte se complementam. “o crepitar do tempo” conta-nos a história de um projecto aparentemente impossível, da procura do sítio certo em maio de 2009 até à abertura da escola em outubro de 2011. O documentário acompanha Schlingensief de perto e faz-nos partilhar a experiência da sua visão e a sua luta pelo projecto. Schlingensief morre em agosto de 2010, mas o seu sonho continua vivo.

 

Anúncios

From → Agenda

Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: